terça-feira, 22 de agosto de 2017

SANTA LUZIA DO PARUÁ-MA. : Câmara municipal realizará Sessão Itinerante na Quadra 22 nesta sexta feira.

O presidente da Câmara Municipal de Santa Luzia do Paruá, vereador José Pessoa de Meneses(Dequinha)(PEN),está organizando todos os preparativos para realização de uma SESSÃO ITINERANTE  que está programada para esta sexta, dia 25 no Colégio Bernardo Coelho da comunidade QUADRA 22  (zona rural). 

 Os convites já estão sendo distribuídos para os moradores daquela região. 

"Queremos levar as ações do legislativo municipal pra mais perto da população do interior. Esta é uma oportunidade de uma interatividade com as comunidade do nosso município",  ressalta o presidente.
O parlamentar destacou ainda, que nesta Sessão será tratado vários assuntos de grande interesse da população daquela região das quadras.

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

DEPUTADO HEMETERIO WEBA SE REUNIU COM O PREFEITO DE JUNCO DO MARANHÃO PARA DISCUTIR MELHORIAS E DESENVOLVIMENTO PARA O MUNICÍPIO

O Deputado Estadual Hemetério Weba recebeu a presença do Prefeito de Junco do Maranhão   , Antonio filho  em seu gabinete.

“Além de um grande amigo, temos uma parceria de longas datas, tem no mínimo duas eleições juntos e temos uma ótima parceria que deu muito certo, sem falar nas grandes parcerias que levamos não só para  Junco do maranhao, bem como para a cidade de Nova Olinda do Maranhão bem como que foi buscar ajuda para recurso, só vai colaborar para tornar a vida de nosso povo melhor. Foi muito bom poder visitar um parceiro de longas datas, uma parceria de longos anos e a expectativa é de que venhamos conseguir grandes avanços para os nossos municípios nesses próximos anos.

O Deputado Estadual Hemetério Weba ainda falou da parceria que acontece há muitos anos.
"Eu agradeço essa visita ilustre desse grande amigo e parceiro já de muitos anos. Nós fizemos uma grande parceria desde 2014. Hoje é Prefeito de  Junco do Maranhão no qual estamos juntos não só pela cidade, mas para todo o Maranhão e em especial nossa tão amada Nova Olinda. E estamos aqui nessa luta, nessa parceria e com muito esforço para melhor satisfazer o município de Junco do Maranhão. Temos o maior carinho e admiração por essa cidade maravilhosa", afirmou o parlamentar.

O Deputado Estadual Hemetério Weba também falou das emendas que serão destinadas para desenvolvimento da saúde daquele Município.

"Emendas serão destinadas para o município, inclusive para compra de uma ambulância nova para atender as necessidades daquela população. O valor da emenda será de 175 mil reais para que o prefeito possa comprar uma ambulância nova para o prefeito oferecer mais comodidade para os doentes daquele município", palavras do Deputado.

Município de Junco do Maranhão é a que mais depende proporcionalmente do Bolsa Família no Brasil,diz estudo

O Ministério do Desenvolvimento divulgou uma lista contendo as 30 cidades que mais dependem do Bolsa Família no Brasil recebem 0,90% do total gasto pelo governo federal no programa em todo o país. Em julho de 2017, a conta do programa somou R$ 2,3 bilhões no Brasil inteiro, dos quais R$ 20,8 milhões foram destinados a esses municípios.

O Maranhão, possui 15 municípios nessa lista – a ajuda é necessária. O valor médio do benefício recebido pelas famílias é de R$ 295,85 – a média nacional é de R$ 181,39.

Em comum, todas essas cidades são pequenas – a maioria tem menos de 10 mil habitantes – e as famílias recebem benefícios médios que variam entre R$ 226,57 e R$ 380,23. O gasto per capita – que considera o valor total gasto pelo governo federal com o Bolsa Família dividido pelo número de habitantes – fica entre R$ 58,38, na cidade de Presidente Sarney, no Maranhão, até R$ 84,45, em Junco do Maranhão.
A cidade Junco do Maranhão é a que possui o maior gasto per capita do Bolsa Família no Brasil. O município tem 3,3 mil habitantes e 893 famílias recebem algum tipo de ajuda do programa. O total gasto na cidade é de R$ 281,2 mil e o benefício médio dessas famílias é de R$ 314,92.

O maior valor de benefício médio pago às famílias que estão no Bolsa Família é da segunda cidade mais dependente do Bolsa Família, Algodão de Jandaíra, na Paraíba. Ali, as 522 famílias que estão no Bolsa Família recebem, em média, R$ 380,23 do programa – o gasto per capita na cidade de 2,4 mil habitantes é de R$ 79,77.

As cidades mais dependentes

Veja quais são as 30 cidades que mais dependem do Bolsa Família no Brasil

domingo, 20 de agosto de 2017

DEPUTADO JUNIOR VERDE PARTICIPOU DO I FÓRUM MARANHÃO MEL QUE FOI REALIZADO HOJE(20) COM A PRESENÇA DE CENTENAS DE APICULTORES DA REGIÃO DO ALTO TURÍ


Conforme vinha sendo divulgado, foi realizado hoje(20) com grande sucesso o I  FÓRUM MARANHÃO MEL. O evento que foi promovido pela Federação dos Apicultores do Estado do Maranhão - FEMAMEL, contou com a presença de centenas de apicultores da região do Alto Turí e outras localidades do estado. Também estiveram presentes vários convidados especiais e representantes de várias entidades estaduais.
Representando a Assembléia Legislativa do Estado, esteve presente o deputado estadual Junior Verde (PRB). O Fórum foi organizado com o objetivo de iniciar discussão, sobre a criação de uma Lei que possa disciplinar a questão da apicultura migratória no estado. 
O parlamentar afirmou que este é um momento importante, para regulamentação e modernização tecnológica da apicultura e tudo que envolve a cadeia produtiva do mel de abelha, bem como o fortalecimento de parcerias. 
O deputado Júnior verde tambem propôs, que este Fórum seja realizado todos os anos, o qual todos aceitaram.
O Presidente da Casa APIS Sitonho da cidade de Picos-PI, participou dos debates, pertinentes a apicultura e suas tendencias de mercado do mel para exportação, entre outros assuntos.
Durante o evento foi anunciado proposta de implantação da Casa Apis Maranhão.  A ideia agradou a todos.


.

SANTA LUZIA DO PARUÁ: Vereador José Pessoa de Meneses participou hoje(20) do I FÓRUM MARANHÃO MEL

O vereador e presidente da Câmara José Pessoa de Meneses (Dequinha) , participou hoje(20) do I FÓRUM MARANHÃO MEL . O evento foi realizado no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santa Luzia do Paruá e contou com a presença de vários representantes de entidades governamentais do estado.
Na oportunidade foram discutidos vários assuntos referentes a a cadeia produtiva do mel no Maranhão e especialmente na região do Alto Turi. Um dos principais assuntos foi a questão da regulamentação da apicultura migratória, entre outras demandas. 

O evento foi prestigiado com a presença de centenas de apicultores que lotaram o auditório do Sindicato.

PF detecta fraude no Ministério do Trabalho no Maranhão

A Corregedoria do Ministério do Trabalho e Polícia Federal detectaram milhares de pedidos de seguro-desemprego fraudulentos no Maranhão.
Dados obtidos pelo Blog do Neto Ferreira revelam que foram solicitados 12.851 seguro-desemprego, através do esquema que tem a participação direta de funcionários do próprio órgão.
Somente em São Luís, a PF investiga 9.550 pedido e Caxias aparece com 2.829. Os investigadores têm como provar que estão surrupiando dinheiro público.
Indicados por políticos, os funcionários que estão envolvidos na trama são do Sistema Nacional de Emprego (SINE), trabalhadores terceirizados e do Ministério.


Fonte: Neto Ferreira

sábado, 19 de agosto de 2017

FÓRUM MARANHÃO MEL discute amanhã proposta de regulamentação da apicultura migratória no estado

Será realizado amanhã(20) o   I FÓRUM MARANHÃO MEL.
O evento será realizado no Auditório do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santa Luzia do Paruá, as 8:00h da manhã. O encontro vai reunir várias entidades ligadas a cadeia produtiva do mel e apicultores da região do Alto Turí e Baixada.
Tambem estará presente o deputado Júnior Verde representando a Assembléia Legislativa do Estado, lideranças políticas e representantes de entidades federais e estaduais.

Santa Luzia do Paruá: Sistema de Agua do povoado Centro do Lelau funciona precariamente há 5 meses

O sistema de água simplificado do povoado do Centro do Lelau está funcionando precariamente há 5 meses. A caixa dágua de 15 mil litros caiu e quebrou e a prefeitura não colocou outra para substituir. O fornecimento de água do povoado é feito de forma racionada com ligação direta, durante uma hora pela manhã meio dia e a tarde.
De acordo com informações de moradores daquela comunidade, a estrutura de concreto está quebrada e não suporta o peso de outra caixa. Uma nova estrutura terá que ser construída em um outro local para resolver o problema. 
Enquanto nada se resolve por parte da prefeitura, segue a situação de precariedade no fornecimento de água.
A população aguarda providencias urgente.