segunda-feira, 21 de maio de 2018

Roseana desmascara pesquisa e informa que Flávio Dino nem chegou aos 40%

Roseana convocou a reunião pela manhã na casa do pai Sarney, no Calhau, para reafirmar que será sim candidata a governadora e apontou como dois companheiros de chapas ao Senado Federal, Edison Lobão, que vai para a reeleição, e o irmão deputado federal Sarney Filho.
A decisão tomada por ela foi depois de analisar uma pesquisa qualitativa para consumo interno feita pela Escutec em que aponta a impossibilidade hoje de Flávio Dino ganhar no primeiro turno e falou que a rejeição dele, assim como a dela, são altas.
Mas o que animou mesmo a filha de Sarney foi a pesquisa apontar a real chance dela ganhar de seu adversário no segundo turno. O Blog do Luis Cardoso não pode divulgar os números em razão da pesquisa não ter sido registrada junto ao Tribunal Regional Eleitoral.
“Não é uma eleição fácil, mas não é impossível. Digo que é uma eleição possível”, discursou Roseana para um público empolgado.
Ela não informou quando escolherá seu vice na chapa e nem de que região ele virá, assim como não disse quando pretende contratar uma pesquisa para ser divulgada. Abaixo Roseana fala da pesquisa de Flávio Dino

domingo, 20 de maio de 2018

Todos os bispos chilenos renunciam por escândalo de abusos sexuais

Em decisão sem precedentes na história da Igreja Católica, cúpula eclesiástica chilena oferece ao papa deixar seus cargos. Padres são acusados de acobertar assédio a menores.

Uma série de escândalos de abuso sexual de menores levou nesta sexta-feira (18/05) todos os 34 bispos chilenos a apresentarem sua renúncia ao papa Francisco, no Vaticano. Eles são acusados de acobertar durante anos denúncias de assédio a menores no Chile.
Os bispos chilenos e o papa Francisco após encontro no VaticanoBispos são nomeados pelo próprio papa, com ajuda da Congregação para os Bispos, é a primeira vez que todos os representantes de um país oferecem sua renúncia de uma só vez. A decisão veio depois de os religiosos terem se reunido com o pontífice durante três dias no Vaticano.
Os bispos chilenos foram convocados para se reunir com o papa em Roma depois dos graves erros e omissões na gestão de casos de abusos sexuais, sobretudo em relação ao bispo de Juan Barros, acusado de ocultar assédios cometidos por seu mentor, o padre Fernando Karadima.
O bispo Fernando Ramos Pérez, secretário-geral da Conferência Episcopal do Chile, e o bispo de Sán Bernardo, Juan Ignacio González Errázuriz, leram perante a imprensa uma declaração na qual anunciavam que eles e os demais bispos "colocavam o cargo nas mãos do Santo Pai".
Eles afirmaram que os 31 bispos em atividade "seguirão em suas plenas funções" enquanto o papa decide sobre o destino de cada um deles. Os outros três, atualmente aposentados, também apresentaram suas renúncias. Os representantes do grupo pediram "perdão pela dor causada às vítimas e ao povo de Deus".
Francisco convocou os bispos após se dar conta de que teria sido mal informado em relação ao bispo Juan Barros, que foi acusado de ter conhecimento de que o padre Karadima abusou durante anos de menores.
O papa, que fez de Barros bispo de Osorno, lhe defendeu publicamente em várias ocasiões, inclusive durante sua viagem ao Chile em janeiro, e chegou a rejeitar duas vezes sua renúncia por estar convencido de sua inocência, apesar das denúncias das vítimas que o acusavam de encobrir os casos de abusos.
Após retornar do Chile, Francisco requisitou um relatório ao arcebispo maltês Charles Scicluna sobre os abusos cometidos o Chile. O pontífice admitiu ter cometido erros graves de avaliação sobre o caso de Juan Barros e disse sentir "dor e vergonha". O papa se reuniu com os bispos chilenos e também com as três vítimas do padre, às quais pediu perdão.
Agora com 87 anos e vivendo em uma casa de repouso no Chile, Karadima nega as alegações. Nesta sexta-feira, o papa entregou aos bispos nesta semana um documento acusando os bispos de destruir provas de crimes sexuais e de não protegerem crianças de Karadima.

Fonte: Reutrs

Em 4 anos, eleitorado brasileiro envelhece e cresce 5,17%, diz TSE

urna-310x194s eleições do próximo dia 5 de outubro, 142.822.046 eleitores brasileiros estão aptos a votar. O número representa um aumento de 5,17% em relação às eleições de 2010, quando havia 135.804.433 eleitores registrados na Justiça Eleitoral. O dado foi anunciado nesta terça-feira (29), pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Dias Toffoli.
A maior parte dos eleitores está localizada na região sudeste, que concentra 43,44%, somando 62.041.794 pessoas. O maior colégio eleitoral é o Estado de São Paulo, com 31.998.432 eleitores. Na sequência aparecem Minas Gerais (15.248.681), Rio de Janeiro (12.141.145), Bahia (10.185.417) e Rio Grande do Sul (8.392.033). O menor colégio eleitoral é Roraima, com 299.558 eleitores. Já o município com o menor número de eleitores é Araguainha, em Mato Grosso, com 898 cidadãos aptos a votar.
Os dados estatísticos também mostram que a maior parte do eleitorado brasileiro é formada por mulheres. São 74.459.424 eleitoras representando 52,13% do total. Os homens representam 47,79%, sendo 68.247.598 eleitores.
Eleitores jovens
Em comparação com eleições anteriores, houve uma queda no número de eleitores jovens com voto facultativo, ou seja, aqueles que têm 16 e 17 anos. Em 2010, eram 2.391.352 e, em 2014, são 1.638.751 aptos a votar nessa faixa etária.
De acordo com o presidente do TSE, essa alteração se deve ao fato de o fechamento total do cadastro deste ano considerar a data da eleição. Ou seja, em anos anteriores, o cadastro era fechado no dia 30 de junho e não considerava aqueles eleitores que completariam 18 anos até a data da eleição. Neste ano, um novo software permitiu a contagem incluindo o dia da eleição. Portanto, aquele eleitor que vai fazer 18 anos nesse meio tempo até o dia da eleição já não está contabilizado nesse dado estatístico de 16 e 17 anos.
O ministro Dias Toffoli também destacou que o próprio Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) analisa essa diminuição no eleitorado jovem com a tendência do envelhecimento da população brasileira.
Os próprios dados do TSE mostram que a população de eleitores idosos (com mais de 60 anos) aumentou de 20.769.458, em 2010, para 24.297.096 nestas eleições.
A faixa etária predominante nas eleições deste ano está entre 45 e 59 anos. Em 2010, os eleitores entre 25 e 34 anos formavam a maioria.
Biometria
O ministro Dias Toffoli também anunciou os dados de biometria para estas eleições. Ao todo, 21.677.955 eleitores brasileiros serão identificados pela impressão digital na hora de votar. O número representa 15,18% do eleitorado geral. Em três Estados brasileiros – Alagoas, Amapá e Sergipe – e no Distrito Federal 100% dos eleitores já estão aptos a votar em urnas com identificação biométrica.
Voto em trânsito
O eleitor que estiver fora de seu domicílio eleitoral terá mais opções de cidades para votar em trânsito nestas eleições. São 92 cidades distribuídas nas 27 Unidades da Federação. Em 2010, essa possibilidade ficou restrita às capitais.
Para votar em trânsito, o eleitor deve comparecer a qualquer cartório eleitoral munido de seus documentos pessoais e informar a cidade em que estará no dia da eleição. O prazo para fazer esse comunicado vai até o dia 21 de agosto.
Eleitores no exterior
Ainda de acordo com as estatísticas do eleitorado, houve um crescimento de 76,75% dos eleitores que residem no exterior. Eles estão distribuídos 118 países. Em 2010 eram 200.392 eleitores registrados no exterior e, em 2014, esse número subiu para 354.184. Segundo o ministro Dias Toffoli, esse aumento ocorreu em razão de uma aproximação maior da Justiça Eleitoral com o Itamaraty para ampliar a possibilidade de voto no exterior. Além disso, o TSE promoveu campanha de incentivo ao voto nos canais de televisão brasileiros presentes em outros países.

Roseana Sarney: o pesadelo de Flávio Dino

O governador Flávio Dino tem vários fantasmas que lhe assombram. Porém, Roseana Sarney é o maior dos seus pesadelos. Derrotado em 2010, o comunista teme enfrentar a ex-governadora na disputa eleitoral, tanto que usa a imprensa alugada pelo Palácio dos Leões, para disseminar a insistente informação de que a emedebista não será candidata ao Governo do Maranhão.
Para não transparecer tal temor, Flávio Dino e seus assessores políticos insistem em afirmar que desejam enfrentar a ex-governadora. A psicologia explica que a necessidade reafirmar a todo momento um possível confronto com Roseana Sarney pode estar mascarando a fragilidade da autoestima e da autoconfiança.
Flávio Dino sabe que seu governo não é nem de longe, o sonhado projeto de transformação da realidade social que ele prometeu em 2014. Pelo contrário, o Maranhão voltou no tempo.
O número de miseráveis aumento no estado. Impostos massacram os empresários, que demitem e fecham as portas. O Maranhão virou um estado em que se vive o medo e a opressão, o maranhense já não tem mais motivos para sorrir.
É óbvio que os governos Roseana Sarney não foram gestões perfeitas. Porém avanços existiram: obras estruturantes garantiram melhorias urbanas para colocar São Luís entre as maiores capitais do Nordeste. A alegria estava estampada no rosto das pessoas através da valorização da cultura. O Maranhão virou um potencial produto turístico do Brasil.
Aliado aos avanços e obras promovidas pelos governos Roseana Sarney, Flávio Dino não tem 1% do carisma que a ex-governadora possui. Pelo contrário, o comunista demonstra um mau-humor permanente, que o deixa sempre isolado mesmo em aparições públicas.
Flavio Dino está apavorado com a entrada de Roseana Sarney, por isso insiste tanto nas informações da sua imprensa alugada que a ex-governadora não será candidata.
Porém é muito difícil não haver esse confronto em outubro deste ano e aí reside o pavor de Flávio Dino, o confronto direto…

NOVA OLINDA DO MARANHÃO | Prefeitura realizou caminhada alusiva ao Dia de Combate a Exploração Sexual de Crianças e Adolecentes

A imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, multidão e atividades ao ar livre

0 dia 18 de maio é dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes.
A prefeitura de Nova Olinda do Maranhão reafirmando o seu compromisso por meio das Secretarias de Assistência Social, e Educação com o Apoio do Conselho Tutelar, realizaram palestras nas escolas do Município com o objetivo de orientar e sensibilizar os alunos sobre o Tema.
As atividades da Campanha se Estenderam Durante Todo o Mês Maio, porém, esse é um Tema para ser Trabalhado o Ano Inteiro.
Alunos e professores de todas as Escolas e representantes das entidades sociais, saíram em caminhada pelas ruas de Nova Olinda as 15:00hs, levando faixas e cartazes, para alertar a população em geral e Informar os meios de proteger as Crianças e Adolescentes. O secretário Marlon Cutrim e o Presidente do conselho tutelar Diretores Professores Acompanharam o Evento.

A imagem pode conter: 11 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, multidão e atividades ao ar livre

Nesta segunda feira caminhoneiros vão entrar em greve em todo o país

 A Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) convocou os caminhoneiros autônomos do País a participar de paralisação nacional a partir das 6h de segunda-feira amanhã, contra os impostos sobre o óleo diesel. “A decisão foi tomada após esperar por uma resposta do governo federal, que até o momento não tomou qualquer iniciativa em relação aos pleitos feitos pela categoria”, disse há pouco, em nota, a Abcam.
o presidente da Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), José da Fonseca Lopes, disse que até as 18h aguardava um posicionamento do governo. A principal reivindicação, segundo Lopes, é a retirada dos encargos tributários sobre o óleo diesel.
A Abcam protocolou na segunda-feira ofício na Presidência da República e na Casa Civil pedindo que o governo zere a carga tributária sobre operações com óleo diesel e também a isenção da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) sobre a receita da venda interna de óleo diesel a ser usado pelo transportador autônomo de cargas.

“A necessidade que temos é essa, e a nossa perspectiva é levar isso até o fim”, disse Lopes, ressaltando que a paralisação não tem data para terminar. “Estamos taxativos e objetivos. Se não tirar tributos do diesel, não tem acerto, continuamos parados.” Segundo ele, o diesel representa 42% do custo dos transportadores autônomos.


Fonte: Agencia Estado

sábado, 19 de maio de 2018

MARANHÃO DE FLÁVIO DINO É O SEGUNDO EM ANALFABETISMO, DIZ IBGE

Com 16.7% de taxa, estado só perde para Alagoas em percentual estadual de analfabetos no Brasil. Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad) de 2017 foram divulgados nesta sexta-feira.


O Maranhão é o estado com a segunda maior taxa de analfabetismo do país, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad) de 2017. Os dados divulgados nesta sexta-feira (18) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revela que há mais de 851 mil maranhenses que não sabem ler e escrever um bilhete simples.

No ano passado, o Maranhão esteve apenas atrás de Alagoas no comparativo com os estados com a maior taxa de analfabetismo. Alagoas teve 18,2%, enquanto o Maranhão atingiu 16.7%, que é o mesmo valor registrado em 2016.

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Veto do prefeito Plácido Holanda ao Projeto que beneficia a Guarda Municipal foi derrubado na Sessão da Câmara hoje(18)

A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo José Pessoa de Meneses, pessoas em pé e sapatos
Vereadores do bloco de Oposição derrubaram hoje o veto do prefeito Plácido.
O Projeto do vereador Felipe Ferraz, encaminhado ao Executivo, requereu a antiga casa da Polícia na Rua das Flores, para a Guarda Municipal. O prefeito Plácido Holanda vetou o projeto e devolveu à Câmara.
Na Sessão de Hoje(18), o vereador e Presidente José Pessoa - Dequinha - , colocou para votação.
A partir deste momento hoje, as discussões esquentaram.
O vereador João Teixeira, Brogodó e Ayrton, pareciam não se entender em seus pronunciamentos, sobre a questão de votar pela derrubada do veto do prefeito ao projeto, ou não. O plenário da Câmara estava quase cheio. Estava presente boa parte dos Guardas Municipais.
João Teixeira chegou a classificar o Projeto como sendo "Um Projetinho", tratando-o de forma pejorativa.
O vereador Brogodó(PR), na Tribuna, já falando de forma exaltada, respondendo ao vereador Ayrton Alencar, ele disse: "Não sou vereador cachorrinho de prefeito e nem menino de recado".
Brogodó estava visivelmente irritado, tentando evitar a derrota do prefeito Plácido Holanda mas não conseguiu.
Ao final das discussões o veto foi derrubado por 6 x 2 .